Orixás

A Umbanda acredita que os Orixás não tiveram vida corpórea na terra; mas são a representação da energia, força oriunda da natureza, e é tal força que auxilia os seres humanos nas dificuldades do dia a dia. Na Umbanda, os orixás também não incorporam (diferentemente do Candomblé), o que se vê é a manifestação dos Falangeiros dos Orixás, que são os Guias ou Entidades que trabalham sob ordens de um determinado Orixá.

Cada pessoa recebe a influência de um Orixá, que será seu protetor por toda a vida e nós os chamamos de Orixá Ancestre (ou Ancestral), sendo aquele que magnetizou o ser assim que ele foi gerado por Deus e o distinguiu com sua qualidade original e natureza íntima, imutáveis e eternas.
Recebemos em vida atual mais dois, o Orixá Adjunto (ou Djuntó) sendo aquele que apassiva ou estimula o ser, sempre visando seu equilíbrio íntimo e crescimento interno permanente.
E recebemos o Orixá de Frente, sendo aquele que rege a atual encarnação do ser e o conduz numa direção na qual o ser absorverá sua qualidade e a incorporará às suas faculdades, abrindo-lhes novos campos de atuação e crescimento interno.

Clique para visualizar os atributos de cada Orixá:
















Um comentário: