Pesquisa

24 de jul de 2017

Ervas Tóxicas - Por: Adriano Camargo

Sabe-se através dos estudos arqueológicos que os seres humanos testam plantas desde muito antes da era cristã.  Há ainda muitas dúvidas em relação à toxicidade de algumas ervas e se podem ser consumidas na alimentação e mesmo no uso ritualístico na forma de banhos e defumações.

Profissão de Baiana de Acarajé é Oficialmente Reconhecida

A atividade de baiana de acarajé foi oficialmente reconhecida como profissão. O anúncio foi feito na tarde desta sexta-feira, 14, sede da Superintendência Regional do Trabalho no Estado da Bahia (SRTE), no Caminho das Árvores, em Salvador. Na ocasião, também foi comunicada a inclusão da função na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), um documento que identifica e descreve as ocupações no mercado de trabalho brasileiro.

19 de jul de 2017

Carl Jung: Obstáculos ao Crescimento Psicológico

A individuação nem sempre é uma tarefa fácil ou agradável, e o indivíduo precisa ser relativamente saudável em termos psicológicos para começar o processo. O ego precisa ser forte o suficiente para suportar mudanças tremendas, para ser virado pelo avesso no processo de individuação.

Carl Jung: Individuação - Tornar-se si mesmo

De acordo com Jung, todo indivíduo possui uma tendência para a individuação ou autodesenvolvimento.

"Individuação significa tornar-se um ser único, homogêneo, na medida em que por 'individualidade' entendemos nossa singularidade mais íntima, última e incomparável, significando também que nos tornamos o nosso próprio si mesmo. Podemos, pois, traduzir 'individuação' como 'tornar-se si mesmo'" (Jung, 1928, p.49).

Carl Jung: Símbolos e Sonhos

De acordo com Jung, o inconsciente se expressa primariamente através de símbolos. Embora nenhum símbolo concreto possa representar de forma plena um arquétipo (que é uma forma sem conteúdo específico), quanto mais um símbolo harmonizar-se com o material inconsciente organizado ao redor de um arquétipo, mais ele evocará uma resposta intensa, emocionalmente carregada.

Carl Jung: Principais Arquétipos da Personalidade

Cada uma das principais estruturas da personalidade são arquétipos, incluindo o ego, a persona, a sombra, a anima (nos homens), o animus (nas mulheres) e o self. Quando tornam-se individuados, esses arquétipos expressam-se de maneiras mais sutis e complexas.

Carl Jung: Introdução à Arquétipos e Inconsciente Coletivo

Carl Gustav Jung nasceu na Suíça a 26 de julho de 1875. Sua concepção sobre o inconsciente pessoal é semelhante ao inconsciente da teoria psicanalítica.

O inconsciente pessoal é composto de memórias esquecidas, experiências reprimidas e percepções subliminares. Porém, Jung formulou o conceito de "inconsciente coletivo", também conhecido como impessoal ou transpessoal. Seus conteúdos são universais e não-estabelecidos em nossa experiência pessoal.

Este conceito constitui, talvez, a maior divergência em relação a Freud, e ao mesmo tempo, sua maior contribuição à Psicologia.

18 de jul de 2017

A História da Bruxaria

Quando iniciamos o estudo de algo que nos é novo, a primeira pergunta que nos vêm à mente é: “de onde surgiu?”. Portanto, nada mais correto do que usar a história da Arte como ponto de partida. De onde veio a Wicca? Como tornou-se o que é hoje? O que ela é hoje? Wicca é uma palavra do inglês arcaico que quer dizer “bruxo” (plural wicce). Há quem diga que seu significado é “sábio”, mas isso não corresponde à verdade. A palavra tem sua origem na raiz indo-européia ‘wikk-’, significando ‘magia’, ‘feitiçaria’. O nome Wicca é o mais usado para denominar a religião. Ela também é conhecida como Bruxaria, Feitiçaria, Antiga Religião e Arte dos Sábios, ou, simplesmente, A Arte.

17 de jul de 2017

Porquê os Exus dão Risada?


A gargalhada de Exu é mais que um mantra, é uma ferramenta de trabalho. Através do som da gargalhada, eles entram nos campos energéticos, desfazendo as energias densas, recolhendo entidades que vibram na maldade, retirando miasmas, enfim, abrindo o caminho para que outras entidades, como os pretos velhos e os caboclos, possam dar continuidade ao trabalho espiritual.

15 de jul de 2017

Banda de Reggae lança Clipe falando sobre Orixás


A Banda paulista de Reggae "Big Up", formada pelos 3 amigos Lucas Pierro, Victor Burbach e Gabriel Geraissati, lançou recentemente o clipe da música "Xangô".

14 de jul de 2017

Dança Cigana; Espiritualidade ou Arte?

A dança cigana nasce em nossa alma,  sai de nosso interior. É energia em forma de movimento; as nossas vibrações mais íntimas, se exteriorizam no ritmo do som, da música, das palmas, dos estalos dos dedos, ou ainda dos instrumentos.

Sentimos um misto, de força, alegria, desprendimento, uma firmeza tão grande, quase inexplicável.

Refletindo o Universalismo - Por: Leni W.Saviscki

Os espíritos trabalhadores na linha de Umbanda, designados de pretos velhos, nos repassam constantemente uma lógica que infelizmente, nós encarnados ainda estamos demorando em aplicar.  Dizem eles, com sua maneira peculiar e simples de expressão, que no “mundo dos mortos” não existe raça, cor ou credo que diferencie as almas ou crie fronteiras, o que existe é o homem de bem e o homem que desaprendeu de ser bom.

13 de jul de 2017

Oração a Obaluaê II



Amado Pai Obaluaê, Senhor da Evolução!

Nós Vos Rogamos, querido Pai, que derrame vossa luz sobre nossas vidas, para que possamos organizá-las, de tal modo que os entraves nela não se instalem. Pedimos à vós, Pai Divino, as estabilização das nossas qualidades positivas e a mobilidade transformadora de tudo o que necessitamos para acelerar a nossa evolução interior em todos os sentidos.

Permita-nos, Pai, abrir as portas para o sucesso e bem aventurança, com o desenvolvimento da nossa razão, pois ela nos aproxima do Criador. Ajude-nos a fazermos de nossos corpos físicos, caminhos de desenvolvimentos, para que, após deixá-los nossos espíritos possam se libertar e alçar vôos, rumo ao Criador Olorum.

Ilumine nossas mentes e corações, para que usemos nossas encarnações, ativando cada vez mais nossos sentidos e dons amando e respeitando nosso Criador.

Faça com que multipliquemos os dons da Fé, do perdão, da tolerância, da paciência, da compaixão e da solidariedade, permita também, quebramos as barreiras que nos induzem as más tendências, ao egoísmo, ao orgulho e a vaidade, adquiridos no decorrer de nossas varias encarnações.

Ajude-nos em nossa árdua caminhada, que exige, a colocação frente a frente com a nossa realidade, reconhecendo os erros e defeitos, aceitando-nos como somos e sabendo que viemos a esse mundo para nos melhorar sempre, para que um dia possamos conhecer o mundo Divino.

Livre-nos da atuação dos seres espirituais ainda desvirtuados e presos a ilusão, que se comprazem no mal, na luxuria e nas paixões desenfreadas.

Faça-nos seres equilibrados em nossas emoções e sentimentos, com controle sobre nossas ações. Que jamais sejamos escravos de qualquer parte negativa, que possa-nos envolver no ódio, no orgulho, na inveja, no egoísmo no ciúme e na incerteza de nossa personalidade.


Divino Criador, Olorum! Nós vos agradecemos por todas as graças recebidas nos trabalhos de hoje. Faça com que desenvolvamos em nossa caminhada, Pai Divino, a simplicidade, a humildade, e a sabedoria ensinadas pelos vossos Pretos-Velhos! 

Amém.

O Homem e a ingestão de Carne Animal - Por: Ramatís

É razoável e compreensível que as espécies animais e os homens primários ainda se alimentem de vísceras sangrentas, pois isso é um fato decorrente do seu estado evolutivo e não pecaminoso. Enquanto o instinto animal agressivo domina o homem, é óbvio que o princípio espiritual superior ainda não possa impor a sua linhagem sublime. Aliás, o próprio conceito evangélico de que "a carne alimenta a carne e o espírito alimenta o espírito" confirma a distinção lógica de que o "alimento carnívoro" é afim ao homem mais carnal ou animalizado, enquanto o alimento vegetariano deve condizer com o homem predominantemente espiritual. 

12 de jul de 2017

Conheça a Teosofia

Teosofia é o termo genérico para o pensamento filosófico e religioso, tentando por meio da filosofia e do misticismo obter um conhecimento mais profundo de Deus e do divino.

O nome teosofia aparece no terceiro século da nossa era, cunhado por Amônio Sacas, fundador da Escola Eclética de Alexandria e pai do Neoplatonismo. Seu conceito porém existe há mais tempo. Diógenes Laércio comenta que ele já era conhecido antes da Dinastia Ptolomaica do Egito e nomeia como seu formulador um hierofante chamado Pot Amum. Na Idade Média, Jacob Boehme era conhecido como um teosofista, e o termo novamente foi utilizado nos Anais Teosóficos da Sociedade de Philadelphia, publicado em 1697, encontrando ainda correspondência na filosofia hindu, onde “teosofia” equivale a Brahma-Vidya, conhecimento divino. A palavra ganhou notoriedade a partir da fundação da Sociedade Teosófica por Helena Petrovna Blavatsky e outros, em 1875.

Veneração da Serpente nas Religiões

A serpente é um símbolo poderoso em várias religiões. No judaísmo e no cristianismo, por exemplo, está associada ao mal, por lembrar o falo e o desejo sexual. No judaísmo, está ligada à transcendência humana pela ligação com Deus, acima do pecado do comportamento sexual, relacionado a Adão e Eva.

11 de jul de 2017

Como Deuses Pagãos viraram o Diabo Cristão


O diabo, para muitos, representa um ser com a função de promover na Terra o mal absoluto. Para o cristianismo, ele seria a origem de todas as desgraças existentes no mundo e também compreendido como o anticristo. Um ser capaz de corromper a humanidade de todas as formas possíveis.

O diabo cristão não só tem formas antropomórficas, mas também desejos, sentimentos, atitudes, e até ideais. Essa figura é recheada por lendas e mitos, e para muitos estudiosos trata-se de uma representação elaborada a partir das características de deuses pagãos do “Velho Mundo”. Ou seja, é visto como uma construção simbólica.

7 de jul de 2017

No que a Umbanda Acredita?


Muitos perguntam a respeito da crença umbandista. Querem saber, em resumo, no que enfim a Umbanda acredita e que é de comum acordo entre quem segue a religião. Abaixo descrevemos 11 crenças que você encontrará no meio umbandista:

5 de jul de 2017

29 de jun de 2017

Pecados, Modernidade e Umbanda - Por: Pirro D'Obá


Somos frutos de uma sociedade “pós-moderna”. Mas o que isso quer dizer afinal?

Sabemos que a modernidade se trata de um período histórico influenciado pelo Iluminismo, datado entre meados do século 16 e começo do século 20. Uma era em que o homem buscou de diversas formas colocar a racionalidade como elemento influenciador dos processos sociais, políticos, econômicos e filosóficos.

27 de jun de 2017

Pombagira; Origem, Histórico e Equívocos - Por: Rubens Saraceni

É claro que uma mulher altiva, senhora de si, segura, competentíssima no seu campo de atuação, seja ele profissional, político, intelectual, artístico ou religioso, impressiona positivamente alguns e assusta outros. Agora, se esse imenso potencial também aflorar nos aspectos íntimos dos relacionamentos homem-mulher, bem, aí elas fogem do controle e assustam a maioria como começam a ser estereotipadas como levianas, ninfomaníacas, etc, não é mesmo?

26 de jun de 2017

3 Tipos Psicológicos de Umbandistas Contemporâneos


Nesses pouco mais de 100 anos de nossa amada Umbanda tivemos variações tremendas de cenários que contextualizaram o perfil dos umbandistas em cada década em que viveram. Ser umbandista (temos de concordar) não foi uma coisa fácil, principalmente antigamente onde os casos de intolerância muitas vezes não vinham a público, não tínhamos as ferramentas tecnológicas de comunicação que temos hoje, e nem o tanto de conteúdo em livros e plataformas como atualmente. Era extremamente difícil lidar com o preconceito, mas mesmo assim, tivemos ancestrais que nos legaram essa religião linda e que hoje podemos desfrutar de todo o seu esplendor teológico, ritualístico e principalmente intelectual.

13 de jun de 2017

Exú e as Faces de Santo Antônio - Por: Sid Soares

Santo Antônio homenageado hoje é sim sincretizado com Exu, e me perguntaram como um santo católico, da ordem dos franciscanos poderia ser associado com uma divindade tão temida, o que eu via de Exu no santo católico e se eu achava isso algo bom. Vamos lá!

12 de jun de 2017

Significado Espiritual de Problemas no Intestino

Problemas intestinais representam a eliminação final de substâncias desnecessárias ao organismo. Por analogia, se um indivíduo está ”segurando” em sua mente algo do passado, resistindo em não permitir que coisas e fatos novos entrem em sua vida e se incomoda com ideias de mudanças em seu espaço, o inconsciente lhe mostrará, através de um intestino preso (intestino que ”segura”) que as coisas velhas devem ser eliminadas de seu coração.

6 de jun de 2017

Seja o Movimento - Por: Pirro D'Obá


Abra os olhos, enxergue além. Duvide do impossível e dê sete passos à frente... Seja o elemento difusor que propagará mensagem de luz, de paz, de amor.

2 de jun de 2017

A História de "Pai Félix", fundador do Primado de Umbanda de São Paulo

Félix Nascente Pinto nasceu em 1º de Abril de 1900, em Macaé, no Estado do Rio de Janeiro. Em 1911, mudou-se para a capital. Aos 25 anos, sentiu sua primeira manifestação mediúnica, e foi procurar aquele que teria um forte impacto em sua jornada dentro da Umbanda, o então o senhor Benjamim Gonçalves Figueiredo, que possuía uma tenda de Umbanda na Rua São Paulo.

27 de mai de 2017

O que Umbanda, Espiritismo e Candomblé tem em comum?


Em suma, a relação mais evidente possível de enxergar entre a Umbanda, o Espiritismo e o Candomblé é a comunicação com os mortos. Cada vertente dessas, cada uma ao seu modo, com todas as suas peculiaridades, carregam um mesmo mecanismo de busca por contato seja com ancestrais culturais, seja com pessoas que morreram e se encontram em outras dimensões espirituais, seja com arquétipos que tem em si um mistério por trás de sua transitoriedade metafísica.

26 de mai de 2017

Presságio - Por: Pirro D'Obá


Etimologicamente, a palavra “presságio” se originou do latim “praesagium”, que pode ser interpretado como “agouro”, “pressentimento” ou “conhecimento antecipado de algo”.

22 de mai de 2017

O que você sentiu ao pisar a 1ª vez num Terreiro? – Relatos de Irmãos


Existe um clichê em nossa amada Umbanda quando tratamos de falar sobre as vias pelas quais as pessoas se aproximam de nossa religião e como se sucede essa experiência. Pela “dor” ou pelo “amor”?

18 de mai de 2017

Manifestação de um Político Corrupto Desencarnado

Trabalhamos juntos, eu e Abilinho, num grupo mediúnico durante anos. Abilinho como doutrinador e eu como seu auxiliar. Coube a mim, certa feita, dialogar com um espírito que havia sido político na sua última existência através de um médium psicofônico.

16 de mai de 2017

Omolu; Teogonia de Umbanda - Por: Rubens Saraceni

Deus tanto cria e gera quanto paralisa a criação que não mais atende aos seus desígnios e paralisa a geração que não atende à sua vontade. Essa sua qualidade paralisante é um recurso para paralisar tudo e todos que estiverem criando ou gerando em sentido contrário (desvirtuado) ao que Ele estabeleceu como correto (virtuoso).

Yemanjá; Teogonia de Umbanda - Por: Rubens Saraceni

Olorum cria e gera em Si mesmo tudo o que existe e tem nesta sua faculdade criativa e geradora uma de suas qualidades, através da qual sua gênese divina vai surgindo e se concretizando, já como o meio e como os seres que nele vivem.

Nanã Buruquê; Teogonia de Umbanda - Por: Rubens Saraceni

Olorum, na sua criação, criou sua qualidade maleável e decantadora, ativando-a contra todos os conceitos errôneos, tirando deles suas "estabilidades" para, a seguir, decantá-los e enterrá-los no lado da ignorância humana a cerca das coisas divinas. Esta sua qualidade dual é Nanã Buruquê.

Obaluaê; Teogonia de Umbanda - Por: Rubens Saraceni

Olorum tudo cria e a tudo gera. Na sua criação está sua estabilidade, e nos seres está sua mobilidade ou evolução incessante.

Oro Iná (Egunitá); Teogonia de Umbanda - Por: Rubens Saraceni

Como Justiça Divina é o fogo que purifica os sentimentos desvirtuados, então surge uma divindade cósmica ígnea, que é em si mesma, o Fogo da Purificação dos viciados e dos desequilibrados: "Oro Iná (Egunitá)"!

Ogum; Teogonia de Umbanda - Por: Rubens Saraceni

Ogum é sinônimo de lei maior, ordenação divina e retidão porque é unigenito e gerado na qualidade ordenadora do Divino Criador. Seu campo de atuação é a linha divisória entre a razão, a emoção e a ordenação dos processos e dos procedimentos. É o Trono regente das milícias celestes, guardiãs dos procedimentos dos seres em todos os sentidos.

Yansã; Teogonia de Umbanda - Por: Rubens Saraceni

Sempre que a Justiça Divina é ativada, tanto seu pólo passivo quanto seu pólo ativo são ativados, e aí surge Yansã, regente da Lei nos campos da Justiça.

Xangô; Teogonia de Umbanda - Por: Rubens Saraceni

Olorum gera tudo de Si, e uma de suas gerações é a Justiça Divina, que dá o devido equilíbrio a tudo o que gera. Essa sua qualidade equilibradora está em tudo e em todos, e mantém toda a Criação Divina em equilíbrio e harmonia, dando a tudo um ponto de equilíbrio.

Obá; Teogonia de Umbanda - Por: Rubens Saraceni

Obá é uma divindade cósmica gerada em Deus na sua qualidade concentradora, que dá consistência e firmeza a tudo que cria. Ela é o elemento terra que dá a sustentação e germina em seu ventre terroso todas as sementes do conhecimento.

Oxóssi; Teogonia de Umbanda - Por: Rubens Saraceni

O Conhecimento é uma qualidade de Deus e Oxóssi é sua divindade unigênita, pois ele é, em si mesmo, o Conhecimento Divino que ensina todos a conhecerem a si mesmos a partir do conhecimento sobre nosso Criador.

Oxumarê; Teogonia de Umbanda - Por: Rubens Saraceni

Oxumarê é o Trono de Deus que se polariza com Oxum na Coroa Planetária. O divino Trono da Renovação da Vida é a divindade unigênita de Deus, que é em si mesmo o Orixá que tanto dilui as causas dos desequilíbrios quanto gera de si as condições ideais para que tudo seja renovado, já em equilíbrio e harmonia. Ele é o próprio mistério renovador e diluidor do Criador.

Oxum; Teogonia de Umbanda - Por: Rubens Saraceni

Oxum é o Trono Natural irradiador do Amor Divino e da Concepção da Vida em todos os sentidos. Como "Mãe da Concepção", estimula a união matrimonial e, como Trono Mineral, favorece a conquista da riqueza espiritual e a abundância material.

Logunã; Teogonia de Umbanda - Por: Rubens Saraceni

Logunã é uma divindade ativa da fé e é em si mesma esse mistério divino, pois gera religiosidade o tempo todo e a irradia ou absorve conforme as necessidades. Se o ser está apático, ele a recebe, e se está emocionado, a tem esgotada.

15 de mai de 2017

Oxalá; Teogonia de Umbanda - Por: Rubens Saraceni

Oxalá é o Trono natural da Fé e é em si mesmo esse mistério divino, pois gera fé o tempo todo e a irradia de forma reta, alcançando a tudo e a todos. As hierarquias de Oxalá são formadas por seres naturais descontraídos, profundamente religiosos, calorosos e amorosíssimos.

Olorum - Por: Rubens Saraceni

A unidade religiosa da Umbanda está em Olorum, o Divino Criador, Deus, princípio de tudo. A palavra Olorum é de origem yorubá, é uma contração de Olodumaré (senhor supremo do destino). Olo significa senhor e Orum o além, o alto, o céu. Olorum é o senhor do Céu, infinito em Si mesmo, onisciente, onipotente, onipresente, oniquerente e indivisível. Ele é em Si toda a criação e rege tudo no universo. Deus é UM, sempre foi e sempre será, mas muitos são os nomes pelos quais Ele é conhecido. Os nomes usados para diferentes povos e religiões, referem-se simplesmente aos diversos caminhos por meio dos quais Deus manifesta a Si mesmo na criação, para cada povo com sua cultura específica.

12 de mai de 2017

Allan Kardec e o Preto Velho

Pouca gente sabe, mas numa das reuniões realizadas na Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas, Allan Kardec evocou um Espírito que, segundo as terminologias da cultura brasileira, poderia ser classificado como um “preto velho”. Esse encontro, narrado pelo próprio Kardec nas páginas da sua histórica “Revista Espírita” (Revue Spirite), de junho de 1859, aconteceu na reunião do dia 25 de março de 1859.

11 de mai de 2017

Exu Mirim - Por: Lila Menezes


Na religião de Umbanda existe uma linha muito pouco comentada e compreendida, sendo por isso mesmo muitas vezes deixada “de lado” dentro dos centros e terreiros. É a linha de Exu Mirim.

Tabu dentro da religião, poucos trabalham com essas entidades tão controvertidas e misteriosas, chegando ao ponto de, em muitos lugares, duvidar-se muito da existência deles.

O que Acontece com as Pessoas que Maltratam os Animais? - Por: Paula Teshima


Você conhece alguém que agride, prejudica ou trata mal os animais? Não consegue entender por que eles agem assim? Acha que o mundo é injusto e que as pessoas deveriam ser punidas por não darem atenção e cuidados básicos aos animais? Saiba que a justiça humana pode falhar, mas a justiça divina nunca falha, e ela está atuando a todo instante.