Pesquisa

26 de dez de 2016

Previsões Pessoais para 2017 (Numerologia Cabalística)


Para a Numerologia Cabalística o ano de 2017 será regido pela vibração 1, já que sua somatória é:

2 + 0 + 1 + 7 = 10
1 + 0 = 1
O ano 1 representa o início, o começo, o novo. É tempo de plantar as sementes para o ciclo de nove anos que se inicia, a fim de ter uma colheita farta e satisfatória nos próximos anos. Este será um ano ótimo para iniciar estudos, investir em novos projetos e fazer planos a longo prazo.

O Ano Universal 1, como o próprio nome já diz, é a vibração universal emitida para todas as pessoas do planeta durante o ano de 2017, ou seja, todas as pessoas receberão as influências vibracionais desse novo ano 1. Essas vibrações universais se iniciam no dia 1 de Janeiro de 2017.

Jesus, um Mito Astrológico


Jesus é um mito astrológico, e que a Bíblia se trata de uma miscelânea de histórias baseadas em princípios astrológicos pertencentes a civilizações antigas (Egito especialmente).

A Verdadeira História de Papai Noel e a Origem do dia de Natal


O Natal é uma festa dos Vikings que tem origem a uns vinte mil anos antes de Cristo.

Durante a desintegração do Império Romano, notamos que muitas das populações bárbaras que chegam até a Europa trouxeram consigo uma série de tradições que definiam a sua própria identidade religiosa. Nesse mesmo período, a expansão do cristianismo foi marcada por uma série de adaptações em que as divindades, festas e mitos das religiões pagãs foram incorporados ao universo cristão.

22 de dez de 2016

Filosofia & Religião – Não estamos lidando com irmãos siameses?


Voltaire foi talvez o filósofo que mais propagou e incompatibilidade entre filosofia e religião. Todavia, sabemos bem que, a quatro paredes, dizia que sem a religião a população seria ingovernável. De lá para cá a modernidade fez da religião, quando em contato com a filosofia, uma adversária, talvez inimiga. Perdeu-se o ideal de Agostinho, Boécio e Anselmo. Para estes, a religião não era uma venda nos olhos, mas exatamente o oposto, uma luz para conduzir a investigação em busca do melhor conhecimento.

A História do "Pai Nosso", Oração que Ultrapassa Milênios


Uma das práticas espirituais mais comuns do Ocidente consiste em rezar um Pai Nosso. É uma oração antiga, que passou por diversas adaptações dentro da igreja católica, porém ela tem uma origem antiga datada em séculos antes de Cristo. 

21 de dez de 2016

O Que é um Amor Cármico?


A palavra Karma, vem do sânscrito, que quer dizer ação. Significa que, qualquer ação que fizermos nos planos mental (pensar), emocional (sentir) e físico (agir), estaremos gerando carma. Quando fazemos esta ação, colocamos em movimento as forças deste plano que, pela Lei da Retribuição ou Compensação, deverão voltar ao estado de equilíbrio que existia antes de agirmos. Durante as várias encarnações que temos, vamos gerando carma. Uns bons, outros ruins.

Ao termos relações com pessoas em nossas vidas, estas ficam ligadas a nós, até termos esgotado os carmas gerados.

20 de dez de 2016

Diga-me como você se exibe e eu lhe direi qual é o seu vazio


Quais são as formas que expressamos nossos vazios? Existe um motivo para o exibicionismo físico? Ou para a exibição daquilo que se tem em bens materiais? A exibição exagerada de dotes intelectuais? De sociabilidade? De excesso de simpatia? Ou ainda de “sex appeal”?

Tudo na vida segue em busca de equilíbrio. E assim, para se analisar uma pessoa ou situação, basta perceber se há equilíbrio em todas as partes que compõe este alguém ou momento. O simples fato de uma pessoa precisar se exibir já demonstra falta de equilíbrio. Quando alguém está inteiro e balanceado, não possui necessidade de aparecer. O mesmo acontece como consequência e de forma natural, na intensidade que tem de ser.

19 de dez de 2016

Oxóssi: Orixá Regente de 2017 - Por: Pai Leo das Pedreiras


Olá irmãos. Que a paz de Oxalá esteja com todos. Hoje falaremos sobre a Regência de 2017, o Orixá Comandante de 2017 o Planeta regente de 2017.

2016 foi um ano regido por Oxalá em todas as suas manifestações, trouxe o progresso de Oxaguiã (Oxalá Novo) e a Calma de Oxalufã (Oxalá Velho), um dos trabalhos iniciados neste ciclo que Oxalá dá abertura foi da clareza. Com certeza 2016 foi o ano que os véus foram rasgados, máscaras arrancadas e cada um de nós enfrentou com clareza e tivemos a amplitude e discernimento para com as Coisas.

O Ano de 2017 ainda estará nesta influência, sob a regência do planeta Vênus (será Saturno para alguns estudiosos da Astrologia) que é o Planeta dos Apaixonados. Vênus trará mais amor, mais compreensão e principalmente mais paixão, a vida será e estará mais exaltada neste ano, porém deve-se tomar cuidado com paixões furtivas e explosivas, e ainda mais cuidado com a superficialidade pois todos estarão “Enamorados”.

16 de dez de 2016

Hegemonia Política e Cultural Umbandista - Por: Fernando Ribeiro


Existe um conceito muito interessante estudado em Sociologia que se chama “Hegemonia”.

Hegemonia para a ciência política expressa a dominação ou predominância ideológica de um "grupo social" sobre outros dentro de determinado contexto da sociedade. Ou seja, para que um grupo consiga atingir predominância e respeitabilidade, é necessário que ele atinja “hegemonia social”,  é necessário que consiga espaço para expressar politicamente os ideais que seu grupo carrega.

Na perspectiva do pensador italiano Antonio Gramsci (1891-1937), existem mecanismos de construção de uma hegemonia; ela pode ser alcançada de diversas formas: pela cultura, pela arte, pela política, pela ação social. Logo que a sociedade é um local habitado por ideias que ora se encontram ou se contradizem, que ora se apoiam ou se conflitam. Essas ideias buscam através de instrumentos diversos ganhar superioridade frente a questões internas e externas do próprio grupo da qual ela faz parte.

15 de dez de 2016

Kimbanda & Quimbanda - Vídeo: Alan Barbieri e Jorge Scritori


Popularmente, a (K)Quimbanda é vista como culto a Exu. Porém, na perspectiva de Jorge Scritori, Exu representa um pilar do culto e não o todo abrangente de quem pratica a (K)Quimbanda. Existem diferenças essenciais entre “Kimbanda” e “Quimbanda”, acima de uma religião é em si uma filosofia para o indivíduo que a segue.


Entenda um pouco mais sobre o tema no vídeo abaixo:

14 de dez de 2016

Os Signos e os Deuses - Por: Hellen Mourão


Hellen Reis Mourão é analista Junguiana e especialista em Mitologia e Contos de Fadas. Atua como psicoterapeuta, professora e palestrante de Psicologia Analítica em SP e RJ. É colunista do site Fãs da Psicanálise.


Nos artigos listados abaixo, Hellen Mourão faz algumas analogias entre os signos da astrologia e os Deuses mitológicos da antiguidade grega.

Oração a Obaluaê


Oh, Mestre da Vida,
Proteja seus filhos para que suas vidas sejam marcadas pela saúde.
Vós, é o limitador das enfermidades.

Vós, é médico dos corpos terrenos e almas eternas.


Suplicamos sua misericórdia aos males que nos afetam!
Que suas chagas abriguem nossas dores e sofrimentos.

Concede-nos corpos sadios e almas serenas.
Mestre da Cura, amenize nossos sofrimentos que escolhemos resgatar nessa encarnação!

Atotô meu Pai!

13 de dez de 2016

A Cura dos Espíritos Sofredores - Por: Pablo Araújo


A cura e o alívio de espíritos que encontram-se atormentados é uma prática de auxilio muito corrente no meio espiritualista. Diversas são as religiões e doutrinas que realizam esse trabalho no plano material e no plano espiritual.

No plano espiritual são os socorristas (uma classe de espíritos que estão voltados para o amparo espiritual daqueles que se encontram perdidos nas zonas umbralinas). Diversos são os motivos que levam um espírito a transitar por essas zonas umbralinas, zonas essas que são verdadeiras prisões mentais de atos ilícitos que cometemos conosco e contra nosso semelhante.

A Umbanda é democrática? Até que ponto isso é verdade?


Toda sociedade tem regras, e essas regras são baseadas em suas constituições federais. A vida em sociedade é livre desde que se respeite as regras dos poderes legislativos, executivos e judiciários, que muitas vezes podem não estar claras, mas que se forem transgredidas levam o cidadão a responder perante a lei. Uma democracia é uma sociedade regida por leis que garantam que cada um possa ir e vir tendo seus direitos reconhecidos como cidadão, e cada cidadão, assim como pode ir e vir, também tem que ter a noção dos seus limites na convivência humana. 

9 de dez de 2016

Vídeo: Orixá Exu na Umbanda - Alexandre Cumino


Exu é o orixá da comunicação, da paciência, da ordem e da disciplina. É o guardião das aldeias, cidades, casas e do axé, das coisas que são feitas e do comportamento humano. A palavra Èșù, em iorubá, significa 'esfera', e, na verdade, Exu é o orixá do movimento. Na África na época da colonização europeia, o Exu foi sincretizado erroneamente com o diabo cristão pelos colonizadores, devido ao seu estilo irreverente, brincalhão e à forma como é representado no culto africano. Por ser provocador, indecente, astucioso e sensual, é comumente confundido com a figura de Satanás, o que é um equívoco, de acordo com a construção teológica iorubá, posto que não está em oposição a Deus, muito menos é considerado uma personificação do mal.


No vídeo abaixo Alexandre Cumino, Sacerdote do Colégio Pena Branca, traz algumas reflexões sobre Orixá Exu na cultura brasileira e dentro da religião de Umbanda: 

A História de Rubens Saraceni


Homem simples, tranquilo e de sorriso fácil, é até hoje o autor umbandista mais lido no Brasil. Foi Sacerdote Umbandista, criou o Colégio de Umbanda Sagrada ''Pai Benedito de Aruanda" onde ministrou cursos de desenvolvimento mediúnico, teologia e sacerdócio, por meio dos quais se formaram adeptos, dirigentes e ministrantes do ensino religioso umbandista. 

Mestre de Magia Divina e idealizador do Colégio Tradição de Magia Divina, pôde iniciar mais de dez mil praticantes da Arte Real, num curto período de dez anos.

8 de dez de 2016

Oxóssi e o Arquétipo da Liberdade - Por: Hellen Mourão


Oxóssi é basicamente o Orixá da caça que vive nas florestas. E é retratado sempre munido de seu o arco e flecha. É o caçador por excelência. Conforme as lendas, teria sido o irmão caçula ou filho de Ogum.

Orixá da fartura e do sustento (pois provê os alimentos), Oxóssi está sempre presente nas refeições. Sendo o símbolo da ligeireza, da astúcia, da sabedoria e do jeito ardiloso para faturar sua caça. De acordo com Pierre Verger, em sua obra Orixás, Oxóssi significaria “o guarda noturno e popular”.

Oxóssi vive na floresta e está relacionado com as árvores e os animais. As abelhas lhe pertencem e representam os espíritos dos antepassados femininos. Possui a habilidade de imitar os gritos dos animais com perfeição. E a sua principal função é propiciar o alimento em forma de caça e proteger contra o ataque das feras.

11 Curiosidades sobre Yemanjá, a Rainha do Mar





Muita gente vai à praia no mês de Dezembro ou no dia 2 de fevereiro para render suas homenagens, a Yemanjá, uma das Orixás mais conhecidas das tradições da Umbanda e Candomblé no Brasil.

Conheça nesta lista 11 curiosidades sobre a rainha do mar.

7 de dez de 2016

17 Pequenos Conselhos para 2017


1.Assuma seus erros, em vez de tentar fugir deles, é mais fácil para todos.

2.Se você realmente quer algo, não desista.

3.Não crie desculpas para as pessoas que não te tratam como você merece, porque você sabe * no fundo * que elas são capazes de ser uma boa pessoa.

Pai Nosso Umbandista


Pai nosso que estais nos céus, nas matas, nos mares e em todos os mundos habitados. 
Santificado seja o teu nome, pelos teus filhos, pela natureza, pelas águas, pela luz e pelo ar que respiramos. 
Que o teu reino, reino do bem, do amor e da fraternidade, nos una à todos e a tudo que criastes, em torno da sagrada Cruz, aos pés do divino salvador e redentor. 
Que a tua vontade nos conduza sempre para o culto do amor e da caridade. 
Dai-nos hoje e sempre a vontade firme para sermos virtuosos e úteis aos nossos semelhantes. 
Dai-nos hoje o pão do corpo, o fruto das matas e a água das fontes para o nosso sustento material e espiritual. 
Perdoa, se merecermos, as nossas faltas e dá o sublime sentimento do perdão para os que nos ofendam. 
Não nos deixeis sucumbir, ante a luta, dissabores, ingratidões, tentações dos maus espíritos e ilusões da matéria. 
Enviai-nos, pai, um raio de tua divina complacência, luz e misericórdia para os teus filhos que aqui habitam, pelo bem da humanidade, nossa irmã.

Assim Seja !

Tratamento e Cura Espiritual


Vivemos um momento em que o ser humano, por conta do seu estilo de vida, afastou-se profundamente da sua própria essência. Em resumo isso quer dizer que não se prestigia mais a vida simples, não no sentido dos bens materiais e conquistas, mas no sentido do contato com as coisas mais simples da vida, como andar descalço na grama, ver o pôr do sol, tomar banho de rio, etc. Toda essa falta de contato com a natureza e com as pequenas e simples coisas da vida, tem nos custado caro.

Vídeo: Mecanismos de Incorporação na Umbanda


Como se dá o mecanismo de incorporação na Umbanda?

No vídeo abaixo disponibilizado pelo pessoal do Umbanda EAD é possível verificar de maneira simples como se sucede o processo mediúnico com o Médium de Umbanda.

Vale a pena conferir:

3 de dez de 2016

História da "Festa para Yemanjá" no litoral Paulista (Dezembro)


No Rio de Janeiro, a Festa de Iemanjá é comemorada no dia 31 de dezembro, na virada do ano, em frente ao mar. Hoje vemos muitas pessoas comemorando o Ano Novo na orla marítima vestidos de branco, pulando sete ondas e levando champgne para ser estourada no mar; realizam esse ritual como uma simpatia, sem se darem conta de que o mesmo faz parte da tradição umbandista, que há um século vem influenciando nossa sociedade. Na Bahia, a Festa de Iemanjá é essencialmente candomblecista e teve início com grupos de pescadores devotos a Nossa Senhora dos Navegantes, sincretizada com Iemanjá e comemorada no dia 2 de Fevereiro. Em São Paulo, a Festa de Iemanjá é comemorada no dia 9 de dezembro, dia de Nossa Senhora da Conceição, sincretizada com Oxum.

2 de dez de 2016

As consequências Espirituais do Aborto


O que diz a a perspectiva espírita diz sobre o assunto?

As complicações clínicas advindas dos abortos provocados na esfera ginecológica são inúmeras e podem, inclusive, determinar o êxito letal da mulher. No campo psicológico, são comuns os processos depressivos subsequentes que acometem as mulheres que se submeteram à eliminação da gestação indesejada. A sensação de vazio interior, mesclada com um sentimento de culpa consciente e inconsciente, freqüentemente, determina uma acentuada baixa de vibração na psicosfera feminina.

1 de dez de 2016

Onde Zé Pelintra e o Filósofo Nietzsche se encontram - Por: Fernando Ribeiro

*Composição de texto: Fernando Ribeiro (Pirro D'Obá)

"Amor fati" é uma expressão latina muito famosa e que resumidamente significa “amor ao destino”. Para o filósofo alemão do século XIX Friedrich Nietzsche, significa uma “aceitação integral da vida e do destino humano” mesmo em seus aspectos mais cruéis e dolorosos... 

O pensamento de Nietzsche teve grande influência no século XX, principalmente na Europa Continental. Durante a última década de sua vida e na primeira década do século XX. Suas ideias atraíram pensadores e artistas que se viam na periferia da sociedade normativa estabelecida, tanto em seu jeito de ver as coisas como em sua maneira de fazer arte. Para eles, Nietzsche servia como um estandarte para a criação, para a vida plena e para a arte explosiva e empolgante. Teve importância crucial no desenvolvimento da maneira como a sociedade contemporânea enxerga a vida.

Mas, qual seria a relação de Nietzsche e nossa entidade Zé Pelintra de Umbanda?

A Demonização Histórica de Exu


Seria Exu o demônio? Esta é a questão que permeia o imaginário popular, sobretudo no Brasil, dentro ou fora dos círculos das religiões Afro-brasileiras, na Umbanda, no Espiritismo e principalmente no Catolicismo e no Neopentecostalismo, enfim, qualquer pessoa que escute a palavra de Exú tem seu pensamento voltado a imagem do ser horrendo oriundo das "profundezas", com chifres, pés de bode, tridente e capa. 

30 de nov de 2016

Vídeo: Lindo diálogo com Pai Joaquim de Ângola


Nesse vídeo magnífico (abaixo), o Médium e Sacerdote de Umbanda Fernando Parada da Casa Tríade Nossa Umbanda dá passagem para Pai Joaquim de Angola. Pai Joaquim fala sobre inúmeros assuntos, dentre eles a vida dos animais e sua importância para o equilíbrio da natureza, sobre sacrifício animal, sobre a linha de trabalho e a simplicidade dos Pretos Velhos na Umbanda, a importância dos mais velhos na vida dos mais novos e muito mais.

Traz uma reflexão sobre a necessidade dos seres humanos despertarem para questões urgentes de nossa existência. 


Entenda o que é Reencarnação dos Espíritos Humanos


Reencarnação é o processo pelo qual o espírito, estruturando um corpo físico, retorna, periodicamente, ao polissistema material. Esse processo tem como objetivo, ao propiciar vivência de conhecimentos, auxiliar o espírito reencarnante a evoluir.

A Minha Fé - Por: Paulo Ludogero


A minha fé - ensina que somente através da prática da caridade nós podemos evoluir...

A minha fé - Não aceita a intolerância religiosa...

A minha fé - Não aceita que eu entre em um templo religioso, seja ele qual for, e ataque sua forma de crença...
A minha fé - Entra, pobres, ricos, negro, branco, amarelo...

A minha fé - Não me proíbe de ir em casamentos, batizados, de ir a festas em outros cultos religiosos...

A minha fé - estimula a respeitar todas as formas de crença, a minha fé estimula a respeitar e entender como que as outras religiões entendem o sagrado, pois o sagrado também está nelas.. e se o sagrado esta nelas, eu tenho que respeitar...

A minha fé - Não compactua com violência...

A minha fé - Permite que eu receba orações de irmãos de outras religiões, novenas, correntes, vigílias e intenções a meu favor...

A minha fé - Me ensina a ver o melhor dentro de cada pessoa, a minha fé me ensina a entender as pessoas, me estimula a ser uma pessoa melhor...


Essa é a minha fé, a minha fé se chama Umbanda e eu sou feliz por ser umbandista...


Pai Paulo Ludogero

29 de nov de 2016

Oração aos Boiadeiros


"..Tu que guia teu gado pelas porteiras dos caminhos de Ogum, que passa por rios, sob sol e chuva com seu berrante a anunciar tua chegada, com teu chicote em punho, hábil com o laço e não deixa demanda criar, ajuda-me nesta hora, abra as porteiras de meus caminhos, traga no teu laço aqueles que me querem mal, que na sua chibata haja justiça de minha causa...
...Que eu encontre em meus caminhos a solução para os meus pedidos.
...Que Oxalá nos abençoe sempre, Assim seja..."
.Xetruá Boiadeiro!!

Tragédias coletivas na visão do Espiritismo


De vez em quando ocorrem grandes tragédias coletivas e é nessas horas que perguntamos: por que acontece esse tipo de coisa? Qual a finalidade desses acidentes que causam a morte conjunta de várias pessoas? Como a Justiça Divina pode ser percebida nessas situações? Por que algumas pessoas escapam?

Firmeza para Exu e Pomba Gira - Vídeo: Alexandre Cumino


Alexandre Cumino é graduado em Ciência das Religiões, editor-chefe do Jornal de Umbanda Sagrada, se dedica a pesquisar a Umbanda há muitos anos, o que gerou o livro “Deus, Deuses, Divindades e Anjos” publicado em 2008. É sacerdote e dirigente do Colégio de Umbanda Sagrada Pena Branca, onde ministra cursos presenciais e a distância pela plataforma UmbandaEAD. Em 2010 lançou o livro “História da Umbanda – Uma religião brasileira”, pela Editora Madras.


No vídeo abaixo, o mestre Alexandre Cumino fala sobre fundamentos e também nos passa uma prática com firmeza de nosso Exu e Pomba Gira:


A História de Santo Expedito

Santo Expedito não tem uma data de nascimento conhecida. Sabe-se que ele era Romano. Sabe-se também que foi Senador de Roma, Príncipe-Consul do Império Romano na Armênia, militar, Comandante da XII Legião Romana e, mesmo nessa condição, converteu-se ao cristianismo.

28 de nov de 2016

A História da famosa "Prece de Cáritas"


A prece de Cáritas tem sido constantemente orada por várias gerações de espíritas, umbandistas e espiritualistas de diversas partes do globo. Quando recitada com a entonação correta, é uma prece de proteção extremamente eficaz, mesmo para iniciantes.

27 de nov de 2016

Samba "Vai-Vai" 2017 é gravado no Santuário Nacional de Umbanda


Vai-Vai 2017. A Escola de Samba Vai-Vai, tradicional agremiação do samba paulista, homenageará Mãe Menininha do Gantois na passarela do samba em 2017. Destaque para o vídeo oficial abaixo, com o enredo da Vai-Vai 2017 gravado no Santuário Nacional de Umbanda, comandado por Pai Ronaldo Linares, um dos principais nomes vivos da Umbanda no Brasil.

O Santuário está localizado na cidade de São Bernardo do Campo, região metropolitana de São Paulo, e é um dos grandes espaços para a prática religiosa da Umbanda e de outras religiões de matriz africana.

Confira abaixo o samba-enredo da Vai-Vai 2017:

25 de nov de 2016

Umbanda Sagrada


Com este post encerramos nossa série "Vertentes da Umbanda", ao total dedicamos sete textos para falarmos um pouco de algumas "umbandas", relacionamos conceitos, opiniões e tentamos da maneira mais adequada à um blog passar um pouco deste universo tão multicultural que é a religião umbandista.

Umbanda Universalista


Muito se credita ao movimento umbandista, a personalidade "universal", associada ao sentido de congregar todos aqueles que recorrem à Ela, independente de suas raízes culturais, religiosas, políticas, sociais ou de preferências nas questões da sexualidade. A Umbanda está aberta a todas as consciências em favor do auxílio ao próximo, condição essa, anunciada pelo Caboclo das Sete Encruzilhadas, entidade fundadora da religião...

"todos serão ouvidos e nós aprenderemos com aqueles espíritos que souberem mais e ensinaremos os que souberem menos e a nenhum viraremos as costas e nem diremos não"

Umbandaime


Voltando aos nossos estudos na série sobre as "Vertentes de Umbanda", nesta postagem, tentaremos abordar segundo nossa compreensão o movimento conhecido como Umbandaime, que é a fusão ou união, das religiões Santo Daime e Umbanda. Afinal para conhecermos este universo devemos primeiramente sabermos um pouco mais à respeito da cultura do Santo Daime, o que é ? Quando e onde surgiu? Quais as pessoas e circunstâncias? Quando começou o envolvimento com a Umbanda ? Enfim, vamos tentar "costurar" os fatos e questões desse movimento que hoje é reconhecidamente uma das vertentes de Umbanda.

24 de nov de 2016

Umbanda de Jurema


Avançando um pouco na série "Vertentes de Umbanda", chegamos ao nosso quarto "encontro" com a delicada missão, tratarmos a Jurema Sagrada dentro da dinâmica Umbandista ou vice e versa. Em breves parágrafos delinear aos leitores conceitos básicos e imprescindíveis sobre este universo será nossa missão, salientamos que este exercício é apresentado pelas informações colhidas por diversas fontes e representam nosso particular entendimento.

Umbanda Popular


Neste terceiro texto da série "Vertentes de Umbanda", abordaremos a Umbanda Popular como um dos grandes troncos de segmentos existentes na religião. Para isso, esclarecemos mais uma vez, que nossas abordagens refletem pesquisas em diversos canais tais como, livros e artigos, nossas conclusões não refletem a absoluta verdade, apenas os nossos entendimentos das questões estudadas.

23 de nov de 2016

Umbanda Omolokô


Continuando a série "Vertentes da Umbanda" , iniciada a partir da publicação "Umbanda Esotérica e Iniciática" onde passeamos segundo nossos entendimentos pelos principais acontecimentos que desencadearam o movimento esotérico e iniciático, a partir de seus percursores seguindo estudos bibliográficos, artigos e textos pela internet. O estudo das vertentes da Umbanda passa também pela compreensão de alguns fatores causais que contribuíram para eclosão dos diferentes segmentos.

Umbanda Esotérica e Iniciática


Abordar temas relacionados ao universo da Umbanda nem sempre é tão fácil ou simples como muitos pensam ou tentam mostrar, nela verificamos uma diversidade de pensamentos que são traduzidos em uma pluralidade infinita de ritos. Ao falarmos destes temas devemos ter responsabilidade e clareza de idéias, sabermos diferenciar as coisas e creditar corretamente seus pontos principais, é isso que buscamos nessa "série" e convidamos os leitores independentemente das suas opiniões formadas à mergulharem conosco neste estudo que é também um resgate histórico da religião.    

21 de nov de 2016

Um breve Ensaio Sobre a Intolerância - Por: Pablo Araújo


A intolerância passa a existir quando a crença e a convicção da verdade se abala diante do questionamento que busca um momento de sabedoria. A arrogância e a cólera são frutos do medo do questionamento que revela ignorância, despindo assim a indumentária ou vestimenta "sacra" que encobre com a soberba a alma frágil, que trêmula recorre a violência, qualidade ímpar nos animais irracionais. 

Anjo da Guarda: Fundamento e prática na Umbanda - Vídeo: Alexandre Cumino


Alexandre Cumino é graduado em Ciência das Religiões, editor-chefe do Jornal de Umbanda Sagrada, se dedica a pesquisar a Umbanda há muitos anos, o que gerou o livro “Deus, Deuses, Divindades e Anjos” publicado em 2008. É sacerdote e dirigente do Colégio de Umbanda Sagrada Pena Branca, onde ministra cursos presenciais e a distância pela plataforma UmbandaEAD. Em 2010 lançou o livro “História da Umbanda – Uma religião brasileira”, pela Editora Madras.

No vídeo abaixo, o mestre Alexandre Cumino fala sobre fundamentos e também nos passa uma prática com firmeza de nosso Anjo de Guarda :


Empoderamento Umbandista



Na Sociologia, o empoderamento é uma ação de grupos sociais que buscam reconhecimento jurídico, político e principalmente cultural dentro da sociedade. Uma ação que parte de um posicionamento dos indivíduos desses grupos, indivíduos que buscam uma integração ou adesão intelectual dos aspectos gerais de sua cultura para disseminação através de uma ação cívica seja ela de qual natureza for como midiática, artística, panfletária, etc.

18 de nov de 2016

Evolucionismo vs Criacionismo (A Ciência Umbandista) - Por: Fernando Ribeiro


A Umbanda nasceu dentro do território brasileiro, numa manifestação espiritual do Caboclo das 7 Encruzilhadas através da mediunidade de Zélio Fernandino de Moraes no Rio de Janeiro. Porém, socialmente ela foi no início do século XX, um movimento que proclamava um viés ímpar dentro do que se conhecia como religião no Brasil.

As três correntes predominantes até então eram o Cristianismo, o Candomblecismo e o Kardecismo. 
O Cristianismo nos lembrava nossos antepassados Europeus, seus dilemas morais, suas culpas e suas aspirações ao paraíso perdido. O Candomblecismo carregava um teor cultural que nos levava a refletir sobre nossas raízes africanas, nossas origens e nossa miscigenação como fruto de uma corruptela que não poderia deixar pra trás o valor dos antigos ensinamentos. E o Kardecismo vinha trazer uma metodologia analítica a respeito de como funcionava o fenômeno espiritual nas mais variadas religiosidades, tendo como pano de fundo a visão do evangelho cristão.

15 de nov de 2016

Umbanda - 108 anos de Existência



Na vida sou andarilho, e da Umbanda sou servidor
Por ela não meço esforços, pois junto dela aprendi o que é o amor

Mãe doadora de mistérios e purezas
É um caminho de caridade, de luz..da natureza
É afago, conselho, é colo e paz
É movimento e canção, ritmo dos Orixás

É a firmeza do Boiadeiro, a malemolência do Baiano
É o Exu que abre caminho, é Marinheiro que desce cantando
É o Vovô que fala baixinho, e é som de Caboclo assobiando
É Erê que está sempre sorrindo, é gira boa de nossos Malandros
É canto sereno de Sereia e axé gostoso de Ciganos...

Parabéns Umbanda...

108 anos de existência ensinando a andarilhos como eu o caminho por onde traçar as rotas...
Eu te amo!



15 de Novembro, dia Nacional da Umbanda


Porque Milhões de brasileiros escolheram 15 de Novembro como o DIA NACIONAL DA UMBANDA

O CONSELHO NACIONAL DELIBERATIVO DA UMBANDA-C.O.N.D.U. – por intermédio de sua representante no Estado do Amazonas, a Cruzada Federativa Espírita de Umbanda,  tomou conhecimento do comentário da sessão “Umbanda – Quimbanda”  do jornal  “ A Notícia”,  de Manaus,  em 11 do corrente mês,  sob o título “Escolha Justa”,  no qual se lê que  “ a suposta escolha de 15 de novembro para ser considerado o Dia da Umbanda,  sugerida num encontro umbandista, no Rio de Janeiro, vinha decepcionando”… e que  “a data diz respeito à  Proclamação da República,  nada tendo a ver com a Umbanda, o que significa que foi sugerida por profanos,  por quem desejava apenas homenagear um centro”… ”Os umbandistas amazonenses disseram que o 13 de Maio,  data da libertação dos escravos é realmente a mais indicada”.

11 de nov de 2016

A História de São Benedito


São Benedito nasceu perto de Messina, na ilha da Sicília, Itália, no ano de 1526. Benedito significa abençoado. Seus pais foram escravos vindos da Etiópia para a Sicília. Era filho de Cristovão Manasceri e de Diana Larcan. O casal não queria ter filhos para não gerarem mais escravos. O senhor deles, sabendo disso, prometeu que, se eles tivessem um filho, daria a ele a liberdade. Assim, eles tiveram Benedito. E, como prometido, ele foi libertado pelo seu senhor ainda menino.